sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Newtown massacre and the end of Mental Hospitals

About Newtown and many similar incidents, no-one mentions one very obvious major factor here: Starting in the 1960's in USA and 1980's in Brazil liberals started campaigning to stop holding mentally ill people in public mental hospitals. They claimed that the family should take care of these persons themselves, ignoring that this is wishful thinking to imagine that the family will be able to do something in cases of violent mentally ill persons where even doctors have problems. This just puts the family at risk of being killed.

As a result, lots and lots of public mental hospitals were closed in the USA and in Brazil. In Brazil richer families have to pay huge amounts of money to get mentally ill relatives in a private facility. As for the poor, they just throw the person in the street, where he will either end up a crazy homeless, or will end up dead, or kill someone.

The result can be seen in graphic for USA:



As a small warning about the graphic, one should not interpretate the total increase in prison rates as merely being a result of the end of mental hospitals. I would say that the end of mental hospitals might have increased a little bit the crime rate (mentally ill persons cause 5% of violent crimes), but most of the increase is just a increase in violence, decrease in values, decrease in religious belief, nihilism, moral relativism, moral liberalism, the gangster culture, drugs, etc, etc. But still, less danger and less murders would always be welcome.

Now continuing on the topic, this comment in a blog also explains a lot of things, taken from here http://www.thinkinghousewife.com/wp/2012/12/isolation-and-insanity/

"Why had no one stepped in and institutionalized this young man? Where were the doctors to confine him to a mental institution? Since these are essentially the same question, they can be answered together. In most states, people can be involuntarily committed only if they meet one of the following criteria: 1) they are a danger to themselves; 2) they are a danger to others; or 3) they are gravely disabled. Medication usually alleviates these symptoms. Once the symptoms are alleviated, the institution must release the patient, who stops his medications because they make him feel bad. The cycle starts over. I have been involved in many commitments."

Also interresting for further reading on the topic:

*http://www.thinkinghousewife.com/wp/2012/12/antidepressants-and-mania/

*http://www.treatmentadvocacycenter.org/storage/documents/the_shortage_of_publichospital_beds.pdf

"4. The emergence of a group of young, civil libertarian lawyers in the 1960s who decided that mental patients needed to be “liberated.” They implemented a series of successful lawsuits, forcing states to discharge mental patients and making rehospitalization exceedingly difficult."

So why this isn't mentioned in the big media, and everyone talks only about guns? Well, the answer is obvious. The big media is dominated my the liberal ideology, and they could not possibly criticise a liberal idea, the end of mental hospitals.

But of course don't confuse anything said here as resulting in me being in favor of the open sale of assault weapons. While I find the need for small arms for self defense legitimate, I'm pretty sure that a person can defend itself with a pistol. In which situation a assault weapon would be useful for defense? Only in very unlikely events, like a military invasion or civil war. Assault weapons are large automatic rifles designed to kill as many people in as short a timeframe as possible, not something which a sane people would carry anywhere. So I favor banning assault weapons from sale, but still the complete answer to the problem must involve bringing back mental hospitals, or else he could just as well have done this with a knife, as has already happened in Japan and China...

As for this last position about banning assault weapons, this link might be interresting: http://www.amnation.com/vfr/archives/024069.html

Let's pray that God help our violent world become more peaceful.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Análise da LLX

Agora vou fazer algumas contas de padeiro para estudar as perspectivas futuras da empresa LLX, que possuí um porto em construção chamado de Superporto do Açu próximo a cidade de Campos no estado do Rio de Janeiro. A empresa deve ter o porto operacional no final de 2013 e para isso vai ainda precisar investir 0,2 bi nesse final de ano, 1 bi em 2013 e 0,5 bi em 2014.

A empresa tem receita vinda de aluguéis de outras empresas que tem áreas no porto, além também da mineradora Anglo Américan que vai exportar minério de ferro através deste porto. A seguinte tabela resume os atuais clientes da LLX:

EmpresaEmpreendimentoInvest.Início
pagam.
Receita
p/ LLX
Área
(mil m2)
Duração
(anos)
Anglo AmericanTerminal de Minério0,9 bi???190 bi US$?25
MPXTermoelétricas6,1 bi?9,2 mi224435
OSXEstaleiro1,7 bi?28 mi320040
National Oilwell
Varco
aluguel de área c/
frente de cais

20/8/118 mi12220
Technipaluguel de área c/
frente de cais

18/11/1122 mi28925
InterMooraluguel de área c/
frente de cais

2/12/113,6 mi5220
Subsea 7aluguel de área c/
frente de cais

25/5/1221 mi?10

São bons aluguéis, mas vamos continuar nossas contas agora falando das dívidas e investimentos. Considerando investimentos esperados de 1,7 bi e caixa de quase 0,9 bi, ainda falta uma diferença de 0,8 bi que terá de vir de novos empréstimos. Os aluguéis atuais estão em 92 mi, que não cobrem nem as despesas administrativas e gerais que estão em torno de 160 mi por ano e também não cobrem os juros, que já devem estar em 150 mi por ano considerando juros de 8% aa (e olha que possivelmente é mais heim!). Então o endividamento total daqui a dois anos será provavelmente o atual de 1,85 bi 0,6 bi p/ investimentos 0,3 bi para cobrir juros = 2,75 bi que dá 220 mi somente de juros por ano. Então somando tudo:

+92 mi de alugueis
+190 mi US$ de renda vinda da Anglo American com exportação de minério, supondo que vai começar a receber já em 2014
-220 mi de juros
-160 mi de despesas administrativas e gerais
=lucro de 92 mi por ano

Com a cotação atual de 1,9 isso dá P/L de 14
Se a cotação cair p/ 1,5 daí teriamos P/L de 11

Lógico que os aluguéis podem aumentar muito, por exemplo se a Petrobrás se instalar lá, mas eu só considerei o que já tem contrato assinado. Pelo que os meus cálculos apontam, no momento atual as contas estão apertadas, mas qualquer novo contrato de aluguel ou outro uso do porto iria aumentar o lucro consideravelmente.

Os dados podem ser obtidos no site da LLX: http://www.llx.com.br/ri/

Why do reactions against liberalism only engage at 1 aspect at a time?

This is mentioned in this blog: http://chariotofreaction.blogspot.com/2012/11/authorial-affirmative-action-even.html

And is also something that I have noticed myself: Rarely do actions against leftist liberalism engage on more than 1 aspect of it at a time. Anti-abortion groups focus only on abortion and ignore homossexuality, for example.

What is missing is clearly the whole picture that the entire liberalism is wrong and that it needs to be discharted completely, which is something that most people don't realize. The failure to throw liberalism completely in the trash bin has a pretty obvious reason too: People don't see any other alternative and acceptable comprehensive ideology.

The basic alternatives to liberalism are:

*Authoritarian Socialism -> Like Hugo Chaves & China. Some people actualy adhere to this alternative.
*Islamism -> Pretty alien to westerns
*Fascism -> Fascism is constantly bombarded by the big media & hollywood to make sure that people won't consider it as an alternative solution.
*Living in a isolated community, like the Amish -> Has obvious severe practical problems, like needing to leave your job to work on agriculture.

So there you go. That's why most people can't make the transition to rejecting all of liberalism, even if they oppose parts of it already. To help in the destruction of liberalism we need therefore to have an alternative, and more, one which is proven to work. An experimental anti-liberal society would be the first step. Wouldn't it be awesome? Too bad all land is already taken these days. In 1500 pilgrims could just take a ship to the new land and build a new society there, but now each island has already been taken.

Análise da AES Tietê - GETI

lá, alguns dias atrás eu escrevi uma iniciação ao mundo da análise de ações e agora vou aplicar esse conhecimento em mais um ativo: A AES Tietê - GETI3 ON e GETI4 ON, que é uma concessionária que detêm a concessão das usinas hidroelétricas no rio Tietê.

O principal fato sobre a AES Tietê que todos devem saber é que ela tem um contrato com a Eletropaulo que garante a venda de energia elétrica a R$180 por MWh, o que está muito acima da média de mercado no Brasil que está entre R$100 e R$110, e que este contrato dura até 2015 e depois disso a empresa vai ter que vender energia nos leilões. Esse fato faz com que ela seja ótima hoje, mas daqui a poucos anos sua receita vai cair muito. E como o custo de operação se mantêm o mesmo, o lucro vai cair muito mais ainda do que a receita.

Pelo lado bom ela não está sendo afetada pela MP 577 da Dilma e outras medidas da sargenta para atacar os lucros das empresas do setor de concessões elétricas no Brasil. As concessões da GETI3 só vencem em 2029, então ela está super segura nesse aspecto.

Bom, vamos agora analisar com calma cada ponto sobre a empresa:


Mudança contratual em 2015 -3

Conforme já explicado, vai haver uma mudança no contrato de venda de energia da empresa. Atualmente a empresa vende 88% de sua energia a R$180/MWh para a Eletropaulo e outros 12% a cerca de R$120/MWh. Isso dá um preço médio de R$172,8/MWh e considerando 8760 horas no ano, eu calculei ainda um fator de carga de 53%. O fator de carga indica a que fração da capacidade máxima instalada da empresa é utilizada durante o ano todo, em média. Assumindo que o fator de carga vai se manter o mesmo, o que é bem razoável pois hidroelétricas tem restrição ao quanto podem produzir dependendo das chuvas, podemos calcular qual seria a nova receita e o novo lucro e o novo P/L com a eletricidade a R$100/MWh e a R$120/MWh, conforme a tabela abaixo:
Cenário Geração(MW) Preço do MWh Fator de Carga Horas no ano Receita (M R$) Lucro (M R$) Cotação Número de ações (Milhões) Fator de ajuste
P/L da GETI3
P/L
Atual2658 172,8 0,53 8760 2150 968 19 381,25 1,05 7,8
2015 2658 100 0,53 8760  1234  52 19 381,25  1,05  147,5
2015 v2 2658 110 0,53 8760 1357 175 19 381,25  1,05 43,5
2015 v3 2658 120 0,53 8760  1481  298 19 381,25 0,95 25,5

Ainda sobre os dados, eu multipliquei o P/L da GETI3 por 1,05 para considerar o fato que a GETI3 recebe 10% menos de dividendos que a GETI4. A cotação que coloquei de R$19 é somente um valor recente de Novembro de 2012.

Como podemos ver nos dados, o resultado da mudança pode ser amargo, mas aceitável se a empresa vender energia a R$120, ou pode ser terrível se vender a R$110 e ainda pode ser uma catástrofe se vender a R$100. Acho difícil prever por quanto a empresa irá vender sua energia em 2015, mas temos que levar em conta que nos últimos leilões de nova energia o teto foi estabelecido em R$112 e que o governo do PT está focado em diminuir o preço da energia elétrica, assim é bem possível pensarmos que mesmo as possibilidades mais pessimistas são realistas...


Balanço atual fantástico +3

São poucas as empresas que tem um balanço fantástico, mas certamente a AES Tietê é uma delas: dívida que pode ser paga com o lucro de 1 ano, receitas e lucros vultuosos e crescentes, P/L baixo, dividendos saborosos, margem alta, etc.

Ano Patrimonio (M R$) Receita
(MNOK)
Lucro (M R$) Margem (%) Caixa Dívida Número de ações Cotação P/L Lucro por ação (R$)
2007 501 1448 609 42% 638 1297
2008 2142 1605 692 43% 840 1214
2009 2016 1669 780 47% 614 968
2010 1981 1754 737 42% 565 921

2011 1885 1885 844 45% 442 924

2012 2160 2160 98145% 292 940 381,25 19 7,8 2,57



Risco de intervenção governamental -3

Conforme já mencionado, o PT está com olho gordo pra cima das elétricas e a intervenção estatal pode significar a morte para qualquer um, como eu já vivi no passado quando o PT transformou a Petrobrás que era uma empresa modelo, um negócio fantástico capaz de gerar riqueza para o país, investimentir no nosso futuro e garantir a auto-suficiência no Petróleo ao mesmo tempo que gera renda para seus acionistas, em uma massa desgostosa que só serve para ajudar as necessidades eleitoreiras do PT, além de ter virado um cabide de empregos na aparelhação das estatais.



Concessão muito longe da renovação +1

Esse fato alivia um pouco o risco de invervenção estatal, já que a concessão da AES Tietê só vence em 2029.


Preço Justo em 2015 de R$9

Não vou dar nenhum ponto para esse item pois acredito que já está precificado nos items acima, mas se calcularmos o preço justo da ação utilizando a formula:
Preço Justo = Lucro por ação * (8,5 + 2 * Crescimento esperado em pct) * (4,4 / 7,25)
Considerando um preço de energia em 2015 de R$120, que é uma consideração até mesmo otimista, teremos um lucro total de aproximadamente 300 milhões o que dá R$0,79 por ação e em conjunto com um crescimento de 5% ao ano num preço justo de R$8,9, que eu arredondei pra R$9

Vale a pena considerar que o patrimônio total da empresa (1,9 bi) mais o caixa líquido (-548 mi) dá um patrimônio líquido de R$3,56 por ação. O valor patrimonial é importante para validar análises de preço justo, já que uma empresa a não ser em situação muito adversas não pode valer muito menos que seu patrimônio líquido. Assim R$9 é um valor bem possível pois ele ainda está quase 3 vezes superior ao patrimônio da empresa.

Então terminamos com um saldo total de -2 na minha análise geral.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Comentários sobre o fim dos trens de passageiros no Brasil

Meu pai me enviou o seguinte link, que me inspirou a escrever estes comentários:

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/videos/t/edicoes/v/serie-de-reportagens-mostra-abandono-das-ferrovias-brasileiras/2237241/

Eu conheço muito bem essa história. O FHC fez muitas coisas boas, mas na questão ferroviária a gestão dele foi péssima. Tão recentemente quanto 1990 o Orestes Quercia havia comprado novos trens que andavam a 160 km/h para correrem ligando São Paulo com o interior do estado, e de fato há 2 trechos que foram completamente modernizados para o padrão de 160km/h no estado de São Paulo para o transporte de passageiros, e esse é um padrão excelente, usado na maioria das ferrovias da Polônia e só foi superado pelos trens-bala.

Mas daí no governo FHC as ferrovia do estado de São Paulo foi incluída na rede federal geral (RFFSA) que sucateou o sistema completamente e depois vendeu ele a preço de banana pra FERROBAN, uma empresa privada sem nenhum preparo para assumir a ferrovia paulista. A FERROBAN não tinha capital para investir nas ferrovias, ela simplesmente pegou um emprestimo pra começar a tocar a empresa, abandonou metade da malha e a outra metade foi tocando porcamente só com trens de carga. Foi a Ferroban que abandonou os trens de passageiros e foi o próprio governo que incentivou a isso. Pois o governo passou a cobrar uma taxa alta anual das concessionárias, além do CIDE embutido no diesel que as locomotivas usam, assim ele passou a extrair dinheiro das ferrovias ao invés de investir nela. E o governo não devolveu nenhum centavo em investimentos ferroviários, assim o dono privado só pode é largar as partes menos rentáveis e tocar porcamente o resto.

Depois a Ferroban foi vendida pra ALL, que tem também as ferrovias de RS, SC e MS e toca o negócio um pouco melhor que a Ferroban e diminuiu os acidentes e aumentou a eficiencia do sistema, mas o problema foi o sistema de privatização adotado, que desde o início estava fadado ao desastre. Privatizar ferrovias dando grantes bloco para o total monopólio de uma só empresa privada é um sistema imbecil e descabido que nunca funcionou em lugar nenhum do mundo. Seria como privatizar todas estradas do estado num bloco só e ainda exigir uma grande outorga anual do contratante. Ele iria fazer o que a Ferroban fez: dar manutenção porca pras estradas grandes e abandonar completamente as menores que dão menos lucro, causando um desastre e um colapso da malha devido ao sistema monopolista criado.

O sistema correto é o governo não extrair dinheiro das ferrovias e sim investir nelas. Investir da infra-estrutura básica de trilhos e deixar a ferrovia aberta para empresas privadas realizarem o transporte de carga, havendo livre concorrência entre elas. Para os serviços de passageiros o ideal é o governo ter uma empresa própria para isso.

Eu estudei esse assunto a fundo e tenho tabelas no meu blog para provar com dados reais:

http://felipemonteirodecarvalho.blogspot.com/2010/01/cide-ipva-e-quem-paga-pelas-rodovias.html

Em 2007 o governo sugou 1,1 bilhão de reais das ferrovias enquanto que ele subsidiou as rodovias federais em 0,9 bilhões de reais. Assim o investimento líquido total do governo em transportes terrestes foi de -0,2 bilhões ... um absurdo, na Europa o estado investe quantias enormes em transportes terrestes. Assim quem é culpado pelo alto custo de frete, pelo desequilibrio modal, pelo abandono dos trens de passageiros e pelas 40.000 mortes nas estradas por ano é o próprio governo. Bastaria um governo serio para mudar esse quadro, investir focando em tornar o país mais competitivo ao invés de focar em idéias ultrapassadas marxistas de cotas raciais, MST, direitos humanos para os bandidos, etc. Se tivessemos um governo honesto conservador de direita, o Brasil poderia ter um ciclo forte de crescimento e prosperidade como muitos outros países experimentaram, sendo o exemplo mais gritante e recente a Coréia do Sul, que saiu da miséria para ser um país de 1o mundo enquanto que o Brasil ficou patinando sem sair do lugar devido a prisão mental esquerdista.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Opera Software Stock Analysis

In this post I intend to analise the Opera Software stock and in the process show how to execute a fundamentalist analysis of a publicly traded company. For the complete beginners, the fundamentalist analysis has nothing to do with the Taliban =) It simply means that we are analysing the stock for a long term investment by studying the historic of profits of the company as well as future perspectives and a number of risks as well as gain possibilities.

The key element of the fundamentalist analysis is the study of the balance sheet of the company. The value of a stock in the short term is completely unpredictable. One can only guess the stock movements in the short by studying the graphics and multiples, but in reality I'd say that this gives never more then a 66% certainty of the stock direction. But the same is not true about the long term value of a stock. The long term value of a stock goes hand in hand with the profits of the company, more specifically the profits per share and the P/L coefficient. To calculate the profits per share one must know the total profit and then divide it by the amount of stocks of the company. If the profit per share grows, then the value of the stock will also grow. If it decreases, the value of the stock will decrease.

If a company has a lot of profit, then it can invest, for example in buying production equipments and new factories if it is a industry, or it can buy other companies and grow this way, or it can distribute dividends to the shareholders. If the company has no profit, but instead if presents a loss one year after another without any years with profits, then it cannot do any of this things, and the company is almost completely without value. It has only the value that someday it might be profitable again: Never buy a company which does not have consistent profits.

The best way to know the possibility of the stock gaining or loosing value in the long term from the current price is the P/L indicator (P/L = Preço/Lucro in Portuguese, in english it is P/E = Price/Earnings with earnings meaning profit here, or C/Z in polish = cena / zysk). P/L is calculated by taking the price of the stock and dividing it by the profits per stock of the company. A P/L number of 10 is magical: it is a fair price for the stock if the market does not expect any gain in the profits of the company, except for keeping up with the inflation. If you see a company with a great potential of increasing the profits per share and with a P/L less than 10, then buy it. If the P/L is greater then 15 then the market sees a future of much greater profits than the current ones for the company. Either that, or the stock is overvalued and too expensive.

Also, besides the increase in the profits and growth of the company one should also look at dividends. In theory dividends are not absolutely necessary: if the company makes each time more profits then the stock value will grow anyway, even without dividends. Also, the stock price is diminished by the amount of the dividends when they are payed, but if those dividends were not a 1-time only profit which won't come again, then it quickly regains the previous price. I usually invest almost only in companies which pay good dividends, because they are a safety for the investor: Even if you get a bad luck and all kinds of things go wrong, the price of the stock goes extra low or whatever, if the stock still gives good dividends you can simply wait paitiently while you gain back your money from dividends.

Ok, so enough with theory, let's now get to work and analyse each kind of element involved in the investment in our specific case "Opera Software". I have listed bellow a number of things analysed and I have classified them as negative or positive and also included points by how much they are good or bad (1 for a minor issue, 2 for a major, 3 for a decisively important).


Solid growth in income, profits and profits per share +3

The balance sheet analysis is the corner stone of the fundamentalist analysis. Never start analysing a company before obtaining an organized table showing the data bellow. For Brazilian stocks one can simply look up the already nicely organized in the website Basttos, but for Opera I had to read the various anual reports of the company. It is usually very easy to find the anual reports, just go to the main company website, in our case www.opera.com and click in Company -> Investor Relations -> Financial Reports. Or similar names. In our case we will land in the page http://www.opera.com/company/investors/finance/ which has the reports. For 2012 I utilized the data up to the 3rd quarter and duplicated the 3rd quarter values, which might be too optimist, since it was a very good quarter in terms of profits. But on the other hand the expectations from investors which I saw in Businessweek are even higher! Anyway, here is my table of data:

Year Patrimony (MNOK) Income
(MNOK)
Profit (excl. taxes) Margin (%) Cash Debts # of Stocks (millions) Stock Price
(NOK)
P/L Profit per share (NOK)
2007 613,73 315,47 12,47 3,95 466,81 0 118,28 13,7 129,97 0,11
2008 803,29 497,11 87,7 17,64 563,55 0 119,91 15,08 20,61 0,73
2009 821,72 612,74 28,46 4,64 546,5 0 118,66 25,5 106,33 0,26
2010 954,17 692,24 25,81 3,73 507,4 0 118,95 25 115,21 0,19
2011 991,6 897,38 142,05 15,83 498,2 0 119 27,25 22,83 1,19
2012 1382,25 1204,41 152,76 12,68 353,4 0 119,6 33 25,84 0,99

For the stock price I utilized an average of 1st May and 1st November, except in 2012 which is 1st November, because it is near our current date today.

So, if we analyse the data above we can see that the income is growing immensely, at a rate of 19% and the profits at an average rate of 100%! On the other hand there are significant factors which make this 100% increase in profits much less spectacular than it would otherwise be:

1) The P/L factor in years of lower profits (10 to 30 million NOK) was immense, around 110. I never saw such a huge P/L factor in my life. It means that the market was already expecting this huge increase in profits. Now the P/L is 25, which is much more normal, although still very high.

2) It would be insane to assume that profits will keep growing at 100% per year. I think that 19% might be a good guess, which is the same as the increase in income.

Still, even despite those 2 warnings which I noted, the balance sheet from Opera is extremely solid. It has zero debt! A constantly growing income and profits and the number of stock is not changing, which means that the company profits are not being dilluded.


Zero Debt +1

As previously seen in the balance sheet: Opera has zero debt, and this is an important advantage as there is no risk of the debt eating our profits.


Very high P/L -2

25 is a huge value for P/L, which means that at the current price of 33 NOK the stock is very expensive, unless the profits in the next years are much higher. Like twice as much higher. Compare with the P/L of competitors such as Google 17, Apple 14 and Microsoft 10. The lower the cheaper the stock is, and those big 3 have much lower P/L factors. Ok, we could give a break for the high P/L because the company is growing fast, but still...


Stock negotiated in Norwegian Krowns -3

This is a much more important problem than it might seem at a first moment. Having our stock negotiated in another country and in a currency in which we do not have a bank account causes all kinds of inefficiencies. For example, when receiving dividends and also if we sell our stock and wish to receive our money, then we will need to pay for an international transaction and again we will loose some money in the conversion. Besides that, there is also the currency exchange risk: right now NOK / PLN seems to be near its historic high (0,5572 now vs a nearby historic high of 0,5912 in Dez 2011 and in 1st May 2011 it was 0,5058). So I think that there is a risk that it could go down 10% in the next years. This problem would be much smaller if the currency in question would be euros, since I am interrested in euros and I have a bank account in euros, then only the international transaction cost would be of worry. On the good side I did a small research and NOK is likely to remain strong in the next 10 years at least, because NOK is pushed up by oil exports from norway, and those won't decrease in the next 10 years and also because the inflation in Norway was very small this year. Differencies between exchange rates are pushed by exports as well as by inflation differences. Currencies with higher inflation tend to loose value. Currencies of countries with more export than imports tend to win value.

Note that not for every currency this is a problem. I am interrested in euros, reais and zlotes, so if Opera was listed in euros I would have given -10% instead of -30%, because I am interrested in euros and I have a bank account in euros. But I am absolutely not interrested in NOKs...

See the graphic of PLN / NOK: http://waluty.onet.pl/nok-pln-kurs-korony-norweskiej-do-zlotowki,18909,828,0,1109,profile-waluta-online

Good Governance, amount of stocks is not changing +1

Putting your money as a minoritary investor in a company means a almost blind trust in the people managing the company. The majoritary owner can do anything he wants with the company, so he could together with the directors get all the money and leave the company without profits which must be shared with minoritary stock holders. There are many cases like this. Sometimes there is even fraud, like in the "Banco Cruzeiro do Sul", where the owner frauded statements saying that the company is doing great while he stole all the money. Or else like Enron frauded their balance sheet to increase the stock price and then sell their shares. And not only private owners do that. Petrobras had huge profits, but 51% of the voting shares are owned by the government, so it found ways to get all the profits to itself, force the company to sell fuel at prices bellow what it paid for it and other actions which turned it into a deficitary company. In all of those cases the minoritary can have immense loses. And in the case of Opera Software I think that the majority owners can be blindly trusted. I see no reason to doubt them and the mere fact that profits are obtained year after year already shows how they are reliable.


Almost no dividends -2

The value of this changes from investor to investor, but I personally give a great value in dividends, and Opera this year paied 0,2 NOK in dividends which is a mere 0,6%, almost nothing. Many companies pay 5% or more, although it is true that in the technology field things evolve so fast that it might not be possible to pay high dividends without getting behind.


Very successful acquisitions +2

If Opera Software has a lot of profits and it gives almost no dividends, then what is it doing with the money? It could buy government bonds, or leave them in their bank account. But it does better then that. Opera has been using the profits to make acquisitions, but the really important thing here is that those acquisitions are going extremely well. In 2010 Opera bought AdMarvel for 8 million USD + 15 million USD if it brought a lot of earnings. And due to those acquisitions the mobile advertisement section of Opera is already receiving around 14 million USD of income per quarter. This is huge, around 25% of the total income of Opera.



Very good sector and future perspectives +1

The internet, desktop browsers, mobile browsers and mobile advertisement are all great sectors, which are growing immensely everywhere in the world. There do are some challanges, like the fall of low-end phones where Opera Mini is king and the increase in Smartphones which already come with a decent browser. The risk of verticalization of companies like Apple, Google and Microsoft leaving Opera out, and the desktop competition comming from Google Chrome, but despite all of that, I still think that Opera is in a good position and has good directors which might change its direction if necessary.



Possibility of another acquisition rumor or fact +1

Earlier this year a rumour that Facebook would buy Opera for 55 NOK per share brought the price up to nearly 50 NOK... and comparing with the current price of 33 NOK it looks an interresting thing to consider: That this kind of interrest might come back in the future.


Graphic Analysis

Looking at the graphic I give a neutral position for buying now. I think it can go lower in the next months as the stock is clearly in a downwards direction after the big hipe of the facebook rumour. There is room for going both up and down in the next 12 months in my oppinion.




Very high taxes in Norway -1

Norway has a corporate tax of 28% and Opera Software payed an effective 32% in 2011. That's a huge amount of taxes, the more normal amount is 20% for corporate tax around the world.


Total note: +1

Ok, so I finish here. This was mostly an exercise to better know the possibilities of Opera Software and to keep here documented the process of analysing a stock.

In the past I considered buying Opera stocks at various moments and I think that I tought like this:

*1st May 2010 Price 20 NOK I was not yet working in Opera, had just arrived in Poland
*1st November 2010 Price 30 NOK I considered correctly as too high, waited to go back to 20
*1st May 2011 Price 29 NOK I considered correctly as too high, waited to go back to 20
*1st November 2011 Price 25 NOK I considered still as too high, and I was upset that the PLNs had just lost a lot of value to NOKs, but I think that I did not pay enough attention to the huge increase in the profits in 2011 Q3, as at that time I did not know of the relation between stock value and the company profits. So I was wrong and should habe bought at this moment =)
*1st May 2012 Price 40 NOK I correctly considered too high
*1st November 2012 Price 33 NOK Here we are =) What to do? This is the million dollar question...

Disclaimer: I have utilized absolutely absolutely no knowledge as a company employee to make this analysis. I have only utilized data publicly available for everyone. I am not giving any kind of tip here for someone to buy or sell stocks and I have no formal training in stock analysis. Anyone buying or selling does so in his own responsability. I collected data from the following places:

Profit 1 year http://www.bloomberg.com/quote/OPERA:NO/
Profit 4 years http://investing.businessweek.com/research/stocks/snapshot/snapshot.asp?ticker=OPERA:NO
Chart http://finance.yahoo.com/q?s=OPERA.OL
History of Dividends http://www.opera.com/company/investors/corpgov/policy/dividend/
Forum & Patrimony http://www.euroinvestor.com/exchanges/oslo-stock-exchange/opera-software/439734
Trades http://www.norskbulls.com/StockPage.asp?CompanyTicker=OPERA.OL&MarketTicker=Oslo&Typ=S
NOK / PLN http://waluty.onet.pl/nok-pln-kurs-korony-norweskiej-do-zlotowki,18909,828,0,1109,profile-waluta-online
Financial Report http://www.opera.com/company/investors/finance/

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Media and Ideology in the USA

Just like recently I created some tables listing media organizations in Poland and a description of their ideology, I now decided to do the same for the most important USA media organizations. This information is important to identify how to react to news from different sources: For example, if you read something disturbingly leftist from NBC/MSNBC, well, don't be surprised, we are talking about the most biased news organization in the USA, with the worse record of pushing liberalism and leftism at all costs. And they even assume that, as written in Wikipedia:
"Beginning in the mid-2000s, MSNBC assumed an increasingly progressive stance in its opinion programming. In October 2010, it publicly acknowledged this with a marketing campaign it called "Lean Forward"."
From: http://en.wikipedia.org/wiki/MSNBC

Conglomerate Media outletsRevenues
(2009)
Ideology
NBCUniversal (Comcast / General Electric)
+ Microsoft in
MSNBC
NBC, Universal Pictures, MSNBC, CNBC, The Weather Channel, Syfy, Versus, style., G4, E!$157 billionNBC and MSNBC are the most radical leftist mainstream media outlets in the USA. They are anti-conservative, radically liberal and enforce a political correctness police. One exception here goes to the "Law and Order" series, which were created by NBC and are notoriously conservative.
The Walt Disney CompanyABC Television Network, ESPN, the Disney Channel, 277 radio stations and Walt Disney Pictures, Pixar Animation Studios, the cellular service Disney Mobile, and theme parks around the world.$36.1 billionABC/Disney seams to be centrist, which means a moderate liberal bias, because centrists adjust their positions to be on the path of least resistence, and that path is liberalism in USA these days.
News CorporationFox, National Geographic and FX; Wall Street Journal, the New York Post and TVGuide; the magazines Barron's and SmartMoney; book publisher HarperCollins; 20th Century Fox, Fox Searchlight Pictures and Blue Sky Studios; numerous websites including MarketWatch.com; and non-media holdings including the National Rugby League.$30.4 billionFox supports the Republican Party and is therefore in line with mainstream right-wing politics.
Time WarnerLargest media conglomerate in the world, with holdings including: CNN, the CW (a joint venture with CBS), HBO, Cinemax, Cartoon Network, TBS, TNT, America Online, MapQuest, Moviefone, Warner Bros. Pictures, Castle Rock and New Line Cinema, and more than 150 magazines including Time, Sports Illustrated, Fortune, Marie Claire and People.$25.8 billionCNN and HBO cannot be described as anything less then radically liberal/leftist organizations. TNT and Warner Bros are more centrist.
ViacomMTV, Nickelodeon, VH1, BET, Comedy Central, Paramount Pictures, Paramount Home Entertainment, Atom Entertainment, and music game developer Harmonix. Viacom 18 is a joint venture with the Indian media company Global Broadcast News.$13.6 billionMTV and Nickelodeon are strongly liberal/leftist organizations.
CBS CorporationCBS Television Network, the CW (a joint venture with Time Warner), Showtime, book publisher Simon Schuster, 30 television stations, CBS Radio with 130 stations. CBS is now the leading supplier of video to Google’s new Video Marketplace.$13.0 billionI am not very familiar with CBS or it's TV shows. Maybe another centrist?
The Newsweek Daily Beast CompanyNewsweek magazine and "Daily Beast" website?Newsweek is a radical liberal/leftist media organization.
GoogleGoogle News?Google News has a strong liberal bias. In the USA version they show a lot of news from the radically leftists MSNBC, but they do not show anything more right-wing than FOX news. In Poland, Google News shows notoriously liberal news organizations like Gazeta.pl and Newsweek, but rarely shows Rzeczpospolita or "Uwarzam Rze". Google itself is liberal too. They pay gay employee more, thus discriminating against streight employees.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Identifying stars in the Sky

I have always wanted to know how to do this, and today I have finally identified some stars in the sky =) So I would like to share this information with everyone. To start with, use Google Maps or Wikipedia to find your location in terms of world coordinates. In my case, Wrocław center is located at 51°6'28" North and 17°2'18" East. Then go to a website which generates a Sky Chart for our current position and time, for example: http://www.fourmilab.ch/cgi-bin/Yoursky

In Yoursky you need to enter the latitude, longitude and also adjust how many stars should be visible by setting the appropriate number in the fields "Show stars brighter than magnitude", "Names for magnitude and brighter" and "Bayer/Flamsteed codes". One can use the same number for simplicity. I am simply looking through the window of my apartment in the center of the city, so very few starts can be seen from here, around 30, so I found that showing only starts with a apparent magnitude of 2.8 or greater was a good choice (greater grows towards smaller numbers).


Notice in the chart the blue line. It represents the equator. We can see a little bit of area under the equator from here. Exactly in the equator one can see all starts, from both sides, and in other places which see mostly starts from our half and a little bit of stars from the other half. As the earth rotates all stars will appear to rotate around a central point, and in the north hemisphere this is the start Polaris, also called North Start, as shown in the chart above. In the south the southern cross, called the constelation of Crux also, points to the southern point. Aproximately 3 times the size of the cross, going in the direction of the base of the cross, one can find the south pole.

With all of this in mind, we can now start locating stars! A very important thing to do is to use a real magnetic compass ("Bússola" in portuguese), or at least the magnetic compass from a iPhone or another smartphone. I was simply using from memory the information that my building is aligned to the axises, and that one window points to the south and the other to the north, and I wasted 1 hour trying to figure out which star is which because the positions simply did not match to my Sky Chart! Well, they didn't match because my guesses position for the North, South, East, etc, were wrong by about 30 degrees =) After I started using the magnectic compass if my iPhone everything started going to it's place and I finally found stars!!! =D

The easiest one to find was Jupiter. It was by far the brightest thing in my limited visible sky. One problem that I had at first is that in the Sky Map there is no "Jupiter" written. Instead they use the symbol "♃" which means Jupiter in astronomy. You can find a list of symbols here: http://en.wikipedia.org/wiki/Astronomical_symbols#Planets

After finding Jupiter I also found Capella, Nath and Aldebaran =) In the southern section I had more problem, and I am not 100% sure of which stars I found.

Ok, I guess this is enough for now. It should get any complete beginners with zero experience like I was until 2 hours ago into someone who can find the most basic stars with the help if the Sky Chart =) And after getting familiarity with this, probably one should be able to find those easily recognizable stars even without a Chart.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Ações favoritas - Setembro de 2012

Em Setembro tiveram muitas oportunidades boas pra ganhar dinheiro com ações na BOVESPA. Eu apanhei uma oportunidade, mas infelizmente eu fui impaciente na hora da compra e comprei por 45,23 quando poderia ter comprado facilmente por 44. Daí a ação subiu como eu tinha previsto, chegou a tocar em 47 e ficou dançando na casa dos 46,5. Nessa hora eu deveria ter vendido, mas eu fui muito cobiçoso e acabei perdendo o tempo de vender. Daí veio uma nova baixa e eu vendi bem a tempo de sair ser prejuízo, vendi a 45,88 com um micro-lucro que cobre o tanto que eu ganharia na Renda Fixa...

Bom, pelo menos ganhei uma boa experiência e não perdi nada =) Agora é esperar pela próxima oportunidade. A minha estratégia é comprar apenas empresas com baixo P/L e alto Dividend Yield. Empresas que gostam dos minoritários e que pagam dividendos para termos lucro. E ainda por cima somente compro após significativas baixas e procurando o momento de inversão de tendência. Sei que é querer demais, mas como sou pobre preciso investir bem, e nos últimos meses apareceram várias situações como a que descrevi, e quem aproveitou se deu bem.

Minha lista de ações mais interessantes:

1> VIVT4 - Vivo - Telefonia fixa e móvel (Telefonica)

Analise Fundamentalista-> http://www.bastter.com/mercado/acao/VIVT4.aspx
Forum -> http://www.guiainvest.com.br/mural/vivt4.aspx?id=26277

Excelente empresa, tem pouca dívida e muito lucro, mas o governo tem interferido no setor, então ela pegou uma onda de baixa terrível. Mas vale a pena esperar um bom momento de entrar, estou de olho pra ver se entro a tempo de pegar dividendos e saio com algum lucro depois.

2> BBAS3 - Banco do Brasil

Analise Fundamentalista: http://www.bastter.com/mercado/acao/BBAS3.aspx
Forum -> http://www.guiainvest.com.br/mural/bbas3.aspx

Bateu R$18 e P/L 3 lá pra Junho, Julho. Quem entrou nessa época hoje está rendo a toa, pois pode vender por R$26 e embolsar um lucro enorme. Não sei se a oportunidade volta, mas se baixar pra R$20 de novo com certeza eu compro!

3> VALE4 - Vale do Rio Doce

Fundamentalista: http://www.bastter.com/mercado/acao/VALE4.aspx
Forum: http://www.guiainvest.com.br/mural/vale4.aspx

Com a queda do preço do minério de ferro ela bateu R$33, mas voltou pra R$36.

4> ITUB3 - Itaú Unibanco

Fundamentalista: http://www.bastter.com/mercado/acao/ITUB3.aspx
Forum: http://www.guiainvest.com.br/provento/itub4.aspx

5> BBDC3 - Bradesco

Fundamentalista: http://www.bastter.com/mercado/acao/BBDC4.aspx
Forum: http://www.guiainvest.com.br/provento/bbdc4.aspx

BBDC4 paga 10% a mais de dividendos que BBDC3, lembrar disso.

Lista de empresas que não se deve comprar de jeito nenhum:

1> PETR - Petrobrás

Com o governo dançando nela, a empresa já teve até prejuízo, coisa impensável no governo FHC. Empresa que dá prejuízo não dá pra investir! Eu já perdi uma grana boa na PETR acreditando no pré-sal e não pretendo perder nem mais 1 centavo nela.

2> Empresas X -> Muito cuidado aqui pois o senhor X não respeita os minoritários. Acho que só a      OGXP3 é interessante, pois se ela for pra frente e tiver lucros com o petróleo, ela pode ser um sucesso. Mas por outro lado também pode ser um fracasso ... investir com muidado.

3> Empresas de Energia Elétrica -> O setor está sob forte ataque do governo, então todo cuidado é pouco. Mas ainda vale a pena seguir a ELPL4 e GETI4

4> Bancos pequenos -> Muito cuidado nessa hora. Por exemplo o Banco Cruzeiro do Sul faliu por trambicagens dos dirigentes e quem investiu perdeu praticamente tudo! http://www.guiainvest.com.br/mural/czrs4.aspx

5> Empresas de manufatura de média tecnologia que concorrem com produtos chineses -> São dinossauros, os chineses matam todo mundo. Não adianta investir em vencer os chineses num país de alto custo tributário e de alto custo de mão de obra como o Brasil. A única coisa que salva são os impostos de importação, mas com a OMC eu tenho dúvidas sobre a eficácia desses...

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Media i ideologia w Polsce

Media jest ważny element w kulturalna wojna, wiec to jest ważny pomyslyć jak jest strategiczna situacja w Polsce. Informacja z Newsweek

Moje ocen dla media jest dla ogólno ideologie który kierują czasopismy, i taż czasamy o poparcia dla partia polyticzna. Widzę 4 typów media:

*Liberalizm Socjalny, Anti-Konserwatysm - Czyli totalny sataniczna media. Ich główny cel jest dyfamacja konserwatisci i chwalić liberalny. Są za anti-chrystianskie radikalny grupy jako Pussy Riot i Ruch Palikot. Na przykład: Polityka, Newsweek, Wprost, etc.
*Inne Anti-Konserwatysm - Media nie otwarty liberalna, ale bardzo anti-konserwatywna. Dzienny dyfamują konserwatisci i w miesięce najbliżej od wybory atakują PiS non-stop. Główny to są grupy pro-PO, jako Gazeta Wyborcza.
*Konserwatywny - Pro-chrystianskie grupy, który bronią prawda że liberalny model jest nihilista, hedonista i także imoralny i że ideologia liberalna jest główny źródło obecny probleme w Civilizacja Zachodnia.
*Neutralny - Innych media który się nie zajmują z polityka za bardzo, na przykład Gazeta Prawna.

Oczywiscie że polecam kupienia wyłącznie od konserwatywny media. Kupić czasopismy od naszy wrogiem jest sponsorować wojna anti-chrystianska w media i kultura.

Tygodniki opinii w I półroczu 2012 roku


Sredni
nakład
jednorazowy
Sprzedaż
ogółem
Ideologia
Gosć Niedzielny205 072145 650Konserwatywny,
Katolicki
Uważam Rze224 635132 603Konserwatywny
Polityka185 956125 096Liberalizm Socjalny,
Anti-Konserwatysm
Newsweek176 471112 549Liberalizm Socjalny,
Anti-Konserwatysm
Wprost174 86979 383Liberalizm Socjalny,
Anti-Konserwatysm
Gazeta Polska137 57065 171Pro-PiS,
Konserwatywny
Przekrój56 56421 451??
Przegląd60 90820 723??
Tygodnik Powszechny37 41816 770??
Przewodnik Katolicki35 3273 069Konserwatywny,
Katolicki

Total Konserwatywny: 346 493
Total Liberalny: 317 028

Dziennik w I półroczu 2012 roku


Sredni
nakład
jednorazowy
Sprzedaż
ogółem
Ideologia
Fakt Gazeta Codzienna 532 211398 599Liberalizm Socjalny,
Anti-Konserwatysm
Gazeta Wyborcza 369 504271 217Pro-PO,
Anti-Konserwatysm
Super Express 286 348168 911???
Rzeczpospolita 165 121119 213Konserwatywna
Nasz Dziennik 150 000100 000Konserwatywna
Gazeta Prawna 137 822104 569Neutralna?
Gazeta Polska
Codziennie
77 51926 338Pro-PiS,
Konserwatywny


Radio

Ja się nie znam za bardzo na radio, bo nie słycham.


Marketshare
RMF FM24,3%
Radio Zet 15,9%
111,4%
38,8%
Radio Maryja2,5%
20,6%

Telewizja

Kiedy to chody o telewizja mi się wydaje że w ostatnie 2 lata TVP jest coraz bardziej pro-PO. Polsat jest moją zdanią bardziej konserwatywny od TVP. Oczewiscie że interessue liberalnech żebym nie pozwonić na kolena konserwatywna telewizja, dlatego zabronili TV Trwam. Nie są za fair play widoczny.

Marketshare
TVP16,5%
Polsat14,8%
TVN14,2%
TVP213,2%

Ranking domen internetowych w czerwcu 2012 roku w dziale „Informacja i publicystyka”

MarketshareIdeologia
Wirtualna Polska - Orange 7 087 207??
Onet.pl 7 059 283??
Gazeta.pl 5 766 320pro-PO,
Anti-Konserwatysm 
Google News    735 921Liberalizm Socjalny,
Anti-Konserwatysm

Konklusja

Nie jest zły situacja medialna w Polsce. Są wielu źródło medialny konserwatyny.

W Brazylia na przykład nie istnieje żadna konserwatyna gazeta codzienna.

domingo, 26 de agosto de 2012

How to convert from Atheism to Christianism

A comment in this blog inspired me to answer the question: How do you get to the stage where you believe that the Bible is the literal truth of God?

> I don't get how one goes from "I believe in God" to "I believe in the
> bible." It seems there is no reason for this beyond tradition, tradition
> that could easily change in another culture.

I think that the transition is part of a larger process of becoming a Christian. First one needs to take the steps out of the imoral secular world into partial Christianity, and I think that it goes like this for people in our western modern world:

1> First you will hear in the imoral secular world the rules to be a happy and successful person (or at least it was like that in my High Scholl in Brazil): Drink a lot, have sex with as many women as possible, be rich, use drugs, etc. So you attempt to follow those things and figure out that you are not the happy winner like they promissed that you would be, but instead you are miserable. Those things at most make you dizzy, make you forget, but in the end they don't satisfy and you need an each time stronger dose to feel something.

2> You are aware that conservative Christians do offer a whole alternative world view, way to be and in general a whole and completely different approach to what is the correct way of being and what brings happyness.

3> The holy spirit touches you

So with those 3 things in place you decide that the imoral secularism is not for you and you definetively need to try something different. But not just anything different: You make the first step into a conservative Christian church (I recommend any Church which believes seriously that the Bible is the literal truth from God). At this point you start joining the service, talk to people that, go to bible study meetings, make friends, etc. In the beginning it might be a little shocking as people there actually believe everything from the Bible, even parts which you rationally rule out as impossible. But if they are well versed in the scriptures they will tell you that it is normal that for unbelievers the scripture is madness:

1 Corinthians 1:18

"For the message of the cross is foolishness to those who are perishing, but to us who are being saved it is the power of God."

So asome time (I'd say 6 months is enough) of participating in a conservative Church and studying the Bible will be enough to convince a person that:

1> There is no true morality outside christianism. Secularists are imoral, ruthless and mean, and they don't care about the damage they do when they attack other people. I am yet to see real, reliably, care about what people feal outside christianism.

2> That so many wonderful people can be found in the Church.

3> That the word of God is wonderful: The more you read of it the more you get convinced that everything in it is good, that everything in it points to the great plan of what God wants for your life and that everything in it is true. That there is nothing objectionable about it and that you are actually prepared to live by its rules as you know them very well and that it fits perfectly for the human soul. Even if you sometimes wish for something different from what the Bible says it is good, the truth is that God makes those things out of reach for our best.

And add to that some more work of the Holy Spirit and done! You just made the entire process right from Atheism towards conservative Christianity in 6 months! Or at least that's how it worked for me =) And I think that that's how it went for a lot of other people too. I was not very successful in the modern western model of how to be: Didn't have luck with women and neither did I ever use drugs. But I know of a very high profile case: A Brazilian rock-star (Rodolfo Abrantes) which was the extreme example of the well succeeded modern western: He had all of it: Drugs, sex and rock&roll. But he similarly concluded that he was miserable and that the modern secularist western world is a huge lie and he dropped it all for Christ.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Calculation of the price in taxes of public transport

In my last post I stated how much cheaper public transport is, but then Suburbanist claimed that this is because we are getting subsidised by people that don't use it. So I decided to calculate exactly how much we are getting from each tax payer:

> Originally Posted by Suburbanist
> (2) Even if you paid nothing for your annual transportation card, that would obviously not cover the costs
> of the service, which would then have to be paid by taxes collected on all people. Somebody is paying
> taxes to fund your heavy use of the transportation system if it is "so cheap".

I could not find the raw data for Wroclaw.... but, I found good data from a city relatively similar in size and public transport: Poznan. And guess what? It has a decent operational profit in public transportation!

http://www.mpk.poznan.pl/images/stories/o_mpk/raporty/raport-roczny-2011.pdf

MPK Poznan has 19 lines of light rail, and +/-40 of buses and it had an income of 370 million zl in 2011 which generated a profit of 16 million zl. It even had to pay 3,7 million zl in income tax because of the profits! So it had a final profit of 12 million zl in 2011.

It is true that this ignores 275 million zl in investments (Actually Poland only pays half of this sum, EU pays the other half) made as lost funds by the government to buy new trams, new buses and build new right of way and do modernization works, but nevertheless we can't ignore that MPK Poznan has operational profit =)

 And when it comes to passenger long distance rail, PKP Intercity was also profitable in 2011, although it does not do regional rail, only long distance (stops are every 50km aprox.). Again, of course this ignores the 5 billion in investments made in the railway infra-structure as a whole (includes both rail line modernization and station rebuilding). Of those 5 billion, the EU pays 2,5 billion, the government pays 1,8 billions and the PLK (Railway lines company) pays 0,7 billions.

 So the total cost for city rail investments (140 million zl) + general railway investment (but this covers cargo too!!) 1,8 billion zl total aprox + operational deficit for regional rail of the region (aprox. 100 million zl, varies per region) = 2 billion zl. If we imagine that 20 million people are working from a total population of 37 millions (excluding children, unemployed, redired people, etc), the cost per tax payer is 100 zl per year

 Oh, yes, we are destroying the wallets of people that don't use public transportation because we are taking from them 100 zl per year =D

terça-feira, 21 de agosto de 2012

The value of urban and intercity rail investment

I live in Poland, and here we have a great and dense network of regional rail and the city has more then 25 lines of light rail + lot's of bus lines, including night buses, express buses and in nearly all major avenues there is either an exclusive light rail or an exclusive bus pair of lanes.

As a result I don't own a car at all, because it is absolutely unnecessary. I can go anywhere I want in the country fast and cheap on public transport, and in the process I save huge amounts of money. The cost of 1 year of subscription to the entire public transportation system of my city, including all light rail, buses, night buses, express buses and even the bus to the airport is 1000zl=300dollars. That's amazingly cheap. For the intercity transportation, and I travel reasonably often, I once tried to calculate how much I expend, but the amount was so low that I gave up. I would say that I expend a maximum of 2000zl=600dollars in intercity transportation.

So 900 dollars for transportation all around the country ... how much would I have to pay if I had to do this in a car? Parking near my work alone would cost more then that, as it costs 400zl per month=4800zl per year=1500 dollars. Not to mention Highway fees, gas, insurance, car devaluation, speeding/parking tickets, car maintenance, etc, etc =D How much would it be per year? Maybe 9.000 dollars? A factor of 10x more expensive then I currently pay...

So here we are: People in the USA apparently are extremely rich (or filled with debts) so that they can waste lots and lots of money in car transportation. I am poor, so I prefer to save 8.000 dollars each year that would otherwise be wasted. I save them into investment assets which in turn give me income for my vacations while I do nothing.

And exactly the same can be applied for the society as a whole: Societies that invest into public transportation and into intercity railways indeed have to collect taxes and make investments in the infra-structure. But each citizen in turn receives a much, much bigger amount of money in return simply because he doesn't need to go around by car so much and saves this money. Societies that don't invest into urban and intercity rail essentially force their citizens to waste lots of money for transportation.

In the USA people are forced to use cars for everything because there is no other choice, while in Europe people can choose: Those that prefer to go by cars can do so, and those that prefer to save money and use the public transport can just as well do that and won't loose much at all.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

As Cotas Racistas

Pelas notícias que vejo o governo bandido dos Petralhas está mais uma vez avançando o racismo de estado no Brasil, leiam: http://www.ipco.org.br/home/noticias/a-universidade-brasileira-e-o-sistema-de-cotas

As cotas nada mais são do que o mesmo método utilizado por Stalin, que tinha cotas máximas para Judeus nas universidades russas, ou por Hitler, que obrigava os Judeus a usarem uma faixa identificando eles para serem discriminados nas instituições. A única diferença é que agora o alvo não são mais os Judeus, o alvo somos nós, os brancos, coreanos e japoneses. A esquerda está em pé de guerra com as etnias que obtiveram mais desenvolvimento economico no capitalismo buscando nos destruir.Uma pessoa não pode ser verdadeiramente humana e ainda apoiar que os brancos sejam discriminados profundamente em razão de sua etnia.

No meu blog sempre evitei esse assunto, não por não considera-lo importante, muito pelo contrário! Acho que em todos países onde o racismo contra os brancos está sendo institucionalizado nós precisamos ter como prioridade absoluta lutar contra o racismo marxista de estado! Eu apenas evito o assunto pois ele é demasiadamente deprimente e desmoralizador. É duro encarar que somos profundamente humilhados e desmoralisados por governantes que são verdadeiramente sub-humanos em sua crueldade e opressão.

O branco no Brasil se sente como o judeu num campo de concentração nazista: O inimigo nos odeia e quer nos destruir. Ele declarou guerra contra nós e nosso único crime for nascer na etnia que ele detesta. E pior: Estamos cercados e se tentarmos pular o arame farpado das mentiras marxistas o inimigo vai atirar tudo que tem contra nós. O que fazer? Esperar que ele nos jogue na camará de gás ou lutar agora?

Agora, uma lista das armas dos marxistas racistas contra os Brancos:

#1 -> O políticamente correto -> O politicamente correto nada mais é do que censura marxista. As coisas mais odiosas são aceitas como corretas e qualquer discurso contrário é imediatamente rechaçado em massa pelos liberais marxistas como sendo uma afronta a humanidade (!?) quando é exatamente o oposto. Afronta é o que os marxistas fazem com a população boa e inocente.
#2 -> Cotas -> O racismo de estado institucionalizado
#3 -> Dia da consciencia negra -> Isso é mais um absurdo!? Consciência de que exatamente? De que são negros e devem lutar contra os brancos!? Oras, mas isso é nada mais do que ser como os nazistas que tinham consciencia alemã e queriam acabar com os judeus.
#4 -> Slogans marxistas como "injustiça histórica", "justiça social", "lutar contra a desigualdade" -> Isso não é vocabulário de gente séria. Somente uma pessoa indoutrinada e que sofreu a lavagem cerebral marxista pode acreditar nesses conceitos ridículos. A única injustiça histórica aqui é justamente as cotas que o PT esta fazendo. Justiça Social é simplesmente "guerra de classes" com um novo nome e qualquer pessoa com um mínimo de bom senso é contra isso. Eles adoram entornar a palavra justiça então eu vou dizer o que é a verdadeira justiça: Justiça é punir os maus. E os políticos que estão instituindo as cotas são maus e devem ser punidos severamente! Sou a favor de prisão perpétua para eles.
#5 -> O padrão duplo em que é bonito ser um supremacista negro que odeia os brancos mas é nefasto até mesmo ter orgulho de ser branco. Vamos supor que um branco use uma camiseta escrita "Tenho orgulho de ser branco!". O que vai acontecer com ele? Vai ser expulso de sua escola ou trabalho. Pode ser processado por "racismo" e ainda vai ser discriminado por todos. Agora muitos negros frequentemente usam camisetas "Orgulho de ser negro". Como eles são tratados? São louvados: Oh como ele tem consciência! Como é poderoso! A sociedade indoutrinada pelos marxistas e liberais é um pesadelo, uma verdadeira distopia com esse padrão duplo e vergonhoso que pelo exato mesmo comportamento pune uns e louva outros. Qual o objetivo disso? É humilhar os brancos.

Como nos defender? Precisamos defender não apenas que as 5 armas dos marxistas acima sejam todas destruídas mas também precisamos evitar que isso venha a ocorrer de novo: Precisamos criar uma lei para tornar a apologia ao racismo de estado um crime! Precisamos inverter o jogo e atacar nossos inimigos como eles nos atacam com seu crime inventado de "homofobia".

Em resumo, no Brasil de hoje os brancos se sentem exatamente como os Judeus se sentiam no nazismo: Somos oprimidos por um estado totalitário, cruel e sádico e pior: A maior parte da população vota neles! A Dilma é o Hitler brasileiro que deseja exterminar os brancos. O racismo de estado é o lado mais nefasto do marxismo e precisamos lutar contra todos que apoiam isso no Brasil, sendo que a lista abrange quase todos partidos existentes, do PSOL ao PT ao PSDB. Todos opoiam o racismo pois todos eles são esquerdistas. O PSOL é marxista radical, o PT socialista e o PSDB é social-democrata de centro-esquerda, mas *todos* são nossos inimigos.

Para nos defender precisamos de slogans, por isso eu proponho alguns:

*Fora cotas! Fora esquerda!!!
*Parem a guerra contra os brancos!!!
*Cota é racismo!

Afinando a minha crítica ao Libertarianismo

Verifiquei que a minha crítica ao Libertarianismo pode ser mau-entendida, então eu escrevi um texto explicando melhor a coisa:

> Gostei do seu comentario. Bem conservador. Pelo que entendi, vce axa que o
> pt ainda tem jeito, nao esta de todo perdido. E a patrulha ideologica feita
> sobre os servidores publicos? E a partidarizacao do servico publico?

Não, eu somente acho que a crítica as PPPs como colocada no artigo
original está completamente errada. Mas não confunda isso com uma
defesa do PT. O PT é podre, corruptor e socialista. O PT não tem
jeito, de forma alguma. Essas críticas que você coloca são corretas e esse é o jeito de criticar o PT! Realmente eles fazem patrulha ideológica e partidarização. Só critiquei a crítica errada ao PT, nunca critiquei as críticas certas. Eu acho que a minha crítica deve ser entendida do seguinte modo:

Vamos supor que estamos andando na rua e nos deparamos com Satanás e
começa a dizer que devemos todos ir junto com ele para o inferno. Daí
o nosso colega que escreveu o artigo começa um imenso discurso dizendo
que o sapato do Satanás está desamarrado. Que isso é sinal de azar e
por isso e somente por isso não devemos ir com ele! Oras, OK, ele está
certo de que não devemos ir com Satanás, mas o motivo que ele aponta,
a crítica que ele faz a Satanás é descabida. Temos que expor Satanás
por ele ser malvado e desejar o pior para nós... Não por algum outro
detalhe estranho e possivelmente falso... do mesmo modo o meu desejo é
expor que o PT é um partido totalitário de carater radical
esquerdista. Mas não quero fazer isso com argumentos falsos baseados
em teorias duvidosas e improvadas. Vou ao fundo da coisa: O PT é
maligno e anti-cristão. E pronto.

Até posso aceitar críticas estranhas contra o PT com o intuíto de que
elas ajudam a derruba-lo. Mas o problema é que e se começarmos a
acreditar nessas críticas estranhas? Vamos coloca-las em prática
depois do PT cair? Isso seria um desastre... a população não vai
gostar de ficarmos brincando de testar idéias economicas improvadas
.... vai nos catapultar do poder e ficar mais ainda agarrada ao PT. É
por isso que acho que devemos fazer as críticas corretas. Apontar as
soluções corretas.

As soluções do Libertarianismo ao serem implementadas na vida real vão
gerar um imenso descontentamento das camadas mais pobres. Quem está
acostumado com saúde e escola pública de graça e derepente tem que
pagar por isso não vai gostar nada da idéia. Quem por ter menor
capacidade intelectual acabar relevado a miséria no capitalismo
selvagem não vai simplesmente achar que o libertarianismo está certo:
 Oh, ok, sou miserável pois sou incompetente como dizem os neoliberias. É muito, 1 milhão de
vezes melhor acreditar na versão do marxismo dos fatos: Sou miserável
pois os burgueses me exploram, então vou me juntar aos sem-terra e
invadir uma fazenda. E como estamos numa democracia e a maioria é que
decide ... sinceramente não vejo nenhuma possibilidade dos pobres
votarem nos libertários.

Mas os pobres votam sim e em números muito grandes aqui na Polônia no
partido conservador "Verdade e Justiça"! Temos até apoio dos
sindicatos "Solidariedade". E por que? Oras, pois nós oferecemos a
versão boa de ajuda governamental aos pobres: O "Verdade e Justiça" e
os sindicatos "Solidariedade" estão comprometidos com uma ajuda
solidária que o estado fornece aos pobres. Não é por que somos
marxistas. Não somos! Mas é porque nós somos cristãos solidários.
Jesus ensina a repartir com os pobres e a Bíblia ensina que tudo
pertence a Deus. Assim o Estado também pertence a Deus e deve se
comportar de maneira cristã. E a solução cristã para o problema da
miséria é a solução da solidariedade: Não apenas assistencialismo, mas
também cursos educacionais profissionalizantes. Em fim a ajuda
completa para a pessoa sair do desemprego com dignidade. Não
simplesmente ignorar o problema dos pobres como o Libertarianismo faz
e largar eles para a indoutrinação marxista dos militantes de
esquerda.

E é por isso que acho Conservadorismo é o correto e critico o Libertarianismo.

Mas, mais uma vez não encarem ser contra o Libertarianismo como ser a
favor do PT. Há 3 ideologias principais no mundo: Conservadorismo
(direita), Libertária (liberal em assuntos economicos e sociais) e
Esquerdista (esquerda). Então há dois grupos distintos que se opõem a
esquerda.

As PPPs e o libertarianismo

Prezados amigos, recentemente recebi o seguinte artigo: As parcerias público-privadas - a porta de entrada para o socialismo e ele me inspirou a escrever uma crítica do mesmo para mostrar os diversos erros graves que ele contém, assim como para mostrar parte das diferenças entre o conservadorismo e o libertarianismo:

-Nota do IMB
Escândalos como o da Construtora Delta, da Camargo Corrêa e da Gautama, além de obras públicas malfeitas -- como as do metrô de São Paulo, que desabaram no início de 2007 --, são meros sintomas de um arranjo político-econômico que premia aquelas empresas que têm fortes conexões com o estado.

Esse primeiro parágrafo do artigo chega ao cúmulo do absurdo. A parte privada da PPP da linha 4 do Metrô foi a compra de trêns e a administração e gerência da linha. Não foi a construção dos túneis e estação em si. Esses foram feitos por licitação como qualquer outra obra pública. O problema do túnel que desabou não tem nada a ver com PPP e ainda lembro que qualquer grande obra especialmente embaixo de um rio tem um grande risco e acidentes ocorrem em outras privadas também. Falar que o modelo de negócios PPP, que nem é o modelo da obra mencionada, é a causa do acidente é ridículo.

Tal arranjo político-econômico, conhecido tecnicamente como parcerias público-privadas, nada mais é do que um arranjo corporativista no qual estado e grandes empresas se aliam para, sob o manto de estarem fazendo obras, extorquir os cidadãos e dividir entre si o butim, dando em troca algo que lembra um pouco, com muita boa vontade, um serviço de infraestrutura.
Este arranjo é excelente para ambos os lados: os políticos ganham o crédito pela obra, recebem "agrados" das empresas que ganharam a licitação e, como consequência, garantem uma reeleição; e as empreiteiras contratadas ganham obras que serão pagas com o dinheiro do contribuinte -- logo, sem qualquer zelo e critério, pois ninguém gasta o dinheiro dos outros com parcimônia --, o que faz com que os lucros sejam garantidos, a necessidade de qualidade, nula, e as chances de superfaturamento, uma certeza.

As empresas não são escolhidas por terem amigos no poder. É um processo de concorrência. Qualquer empresa pode ganhar, basta apresentar o menor preço. E dizer que a L4 "lembra com muita boa vontade um serviço de infra-estrutura" é mais um erro grotesco do artigo. A L4 é uma infra-estrutura de transporte de primeira categoria. Já utilizei pessoalmente e conheço a área ferroviária e posso atestar que utiliza tecnologias de ponta e oferece um serviço excelente e de 1o mundo.
  

Na outra ponta do arranjo está o cidadão desamparado, obrigado a sustentar a farra e sem qualquer voz ativa neste arranjo que está sendo financiado com o seu suado dinheiro.

farra? Construir linhas de metrô é prioridade do povo de São Paulo como um todo... pode perguntar a qualquer pessoa que leva 2 horas para ir para o trabalho em São Paulo. Todas grandes metropoles do mundo investem no mesmo sentido, como Tokio, Nova Iorque, Paris, Londres, Cidade do México, etc. Pois uma grande e densa aglomeração urbana não pode ser sustentada somente com obras rodoviárias. Pela própria natureza do adensamento é necessário construir Metrô para transportar as pessoas rapidamente entre suas casas e seus locais de trabalho e recreação.

Por não estarem sujeitas a um ambiente concorrencial de livre mercado, empresas e empresários não precisam se preocupar em mostrar resultados.  Vale mais fazer lobby e subornar políticos para ganhar licitações do que prestar um bom serviço no mercado.  E é justamente por não estarem sujeitas à disciplina do livre mercado que os problemas surgem -- e são muito sérios.
São dois os principais problema de uma parceria público-privada: o monopólio garantido pelo estado e a ausência de propriedade privada. 

Mas isso é mais um absurdo. Coisas como linhas de metrô, canalizações de água, fios elétricos, ruas, calçadas, ferrovias, etc, são *monopólios naturais*. A pessoa não pode usar outra rua para sair da sua casa. Não é factível termos uma guerra com milhares de empresas diferentes cada uma com postes diferentes tentando vender eletricidade. Não podemos ter milhares de linhas de metrô paralelas e próximas somente para ter concorrência. E o mesmo nas rodovias, somente com uma obra de grande desperdício que é ter duas rodovias paralelas e próximas que se pode obter concorrência. Quem escreveu esse artigo nunca ouviu falar desse conceito básico no mundo das políticas públicas que é o "monopólio natural"? Esse conceito é básico e não é possível privatizar monopólios naturais pois isso leva a uma situação de monopolio em que o dono privado pode cobrar qualquer preço e ainda fazer um serviço porco pois eles é dono e que se danem os outros que tiveram o azar de não ter outra escolha a não ser comprar do monopolista.

Acho que já basta por aqui para ver que o artigo apresenta uma visão muito estranha da realidade. Ele vai contra o que é feito no mundo inteiro no sentido de políticas públicas. Ele claramente vai no vies ideológico de defender a privatização total, citando até possibilidades ridículas como uma empresa privada querer fazer uma obra de metrô por expontanea vontade de investir, coisa que nunca ocorreu no mundo inteiro. Eu desafio que alguém me mostre 1 exemplo sequer de total privatização. Eu gostaria de ver esse local aonde há dezenas de canos de esgoto embaixo de cada rua, cada 1 de uma empresa diferente. Oras, até nos EUA as Interstate foram todinhas construídas com dinheiro público. Não foram nem PPPs.

Eu acho justamente o contrário do artigo: PPP não tem nada a ver com socialismo, e a utopia do socialismo não é PPP não senhor, é o estatismo total e absoluto vide Cuba.  Para mim o principal mau do socialismo é ir contra tudo que está provado que da certo há séculos para impor a visão de utopia deles.

Mas se o socialismo é estranho, esse artigo também apoia uma utopia estranha. A utopia da anarquia ao desejar um mundo sem governo. Eu comprendo que com o domínio do socialismo na política no Brasil e nos EUA muitas pessoas vejam que o governo é o mau absoluto e precisa ser eliminado. Mas isso é inverter o problema! O problema não é o governo, pois temos governos desde antes do cristianismo e durante pelo menos 1500 dos 2000 anos de cristianismo o governo viveu em paz e harmonia com os cristãos. O problema é o PT estar no governo do Brasil. O problema é o Obama estar no governo nos EUA.

Oras, na roma antiga era o governo quem construia as estradas, aquedutos, muralhas e fossas para proteger os cidadão das guerras, etc. E quando os cristãos assumiram o poder não mudaram nada disso. Por que? Simplesmente pois não é uma boa idéia mudar isso. Ser conservador é continuar o que dá certo e qualquer um em São Paulo sabe que Metrô da certo. Se os cristãos do ano 400 não achavam que o governo devia sair do negócio de construir estradas, se Jesus já dizia que pagar impostos é correto, eu acho que eles tinham razão! É por isso que sou conservador tradicionalista: Sigo os passos que deram certo das gerações anteriores.

Então é por esses e muitos outros argumentos que eu vejo o libertarianismo como um erro de análise errada da situação. O Brasil já tentou o liberalismo econômico radical e foi terrível. O Collor foi o grande liberal econômico brasileiro. Ele destruiu a industria brasileira, gerou um desemprego imenso. Sucateou as ferrovias. O Collor e o liberalismo econômico radical foi um fracasso total e pior ainda: Um fracasso que trouxe o socialismo ao poder. Ao poder apontar para o fracasso do liberalismo o PT tornou o marxismo a ideologia dominante no Brasil. Podemos ver que o liberalismo radical nunca estabeleceu nenhum governo durador no mundo inteiro. Pois não funciona!

O conservadorismo real e tradicionalista funciona! Pois não somos radicais em termos economicos, mas sim seguimos uma economia moderada e balanceada fundamentada em elementos que reconhecidamente funcionam. O conservadorismo não leva ao caos econômico. O liberalismo radical e o comunismo levam ao caos econômico e é por isso que o PT apesar de toda sua retórica muito pouco faz de comunismo econômico. O PT até concedeu estradas a iniciativa privada! Mas isso não é o fim da ideologia como muitos creêm. Se não atacam com força na área econômica, pois eles reconhecem que o modelo cubano é um fracasso, o PT por outro lado ataca com uma ferocidade incrível a alma do brasileiro. Eles atacam as leis morais que regem a sociedade e querem trocar as leis cristãs baseadas na Bíblia por sua versão perversa e satânica de como as pessoas devem pensar e agir. O PT sabe que isso é o mais importante. Não é uma guerra por dinheiro, é uma guerra por corações e almas! Lógico que eles também se apropriam de dinheiro, mas a questão é que o ponto principal não é esse.

Saindo das obras públicas e indo para outras áreas. Muitos libertários veêm o problema das escolas e universidades públicas da área de humanas realizarem indoutrinação marxista, mas eles dão a solução errada. Dizem que a solução é fechar as escolas públicas. Mas o problema não é esse! Não é elas serem públicas o problema. O problema é elas fazerem indoutrinação marxista. Na Polônia as escolas públicas são maioria absoluta e .... pasmem! As escolas públicas fazem ensino religioso cristão! Nada de multicultiralismo nem de secularismo nem de outras ideologias perversas dos séculos 19 e 20. Elas seguem a tradição milenar de escolas cristãs e nada mais sensato de que se o estado tiver escolas, que elas também sejam cristãs.

E por essas e outras que eu não sou libertário: Sou conservador.

Não me levem a mal, eu compreendo que libertários e conservadores podem ser aliados contra o socialismo, mas estou amplamente convencido de que o libertarianismo não é o caminho correto e eu gostaria de convencer os libertários a mudarem para o caminho da verdade =)

E aproveito a deixa para mostrar alguns exemplos de movimentos conservadorer no Brasil:

*O Instituto Plínio Correa de Oliveira - Da linha do Tradição, Família e Propriedade. É bem interessante mas me parece ser anti-ecumenico, demasiadamente voltado a apenas o Catolicismo. Como sou presbiteriano e ecumenico fico de fora
*Integralismo - Bastante interessante, mas não estou convencido de que é o ideal conservador

Na Polônia a coisa é mais fácil, há um partido conservador que defende toda a verdade de maneira ampla, corajosa e cristã. Sem excessos e sem se comprometer nem 1cm com a dupla maligna: liberalismo e socialismo. O partido "Verdade e Justiça". E melhor ainda: tem grande apoio da população (tem em torno de 35% do parlamento) e até já foi governo na Polônia de 2007 a 2009! E duplamente melhor ainda: A grande maioria dos sindicatos apoia o "Verdade e Justiça". Isso mesmo, sindicado não é necessáriamente sinônimo de socialismo. Aqui na Polônia os sindicatos "Solidariedade" lutam a favor do conservadorismo cristão e contra o liberalismo e o socialismo, coisa que pode parecer impossível para quem só conhece os sindicatos marxistas do Brasil.